2013-05-05 - Imóveis valorizam 10,4% em um ano
Imóveis valorizam 10,4% em um ano sexta-feira, 3 de maio de 2013 7:18 Andréa Ciaffone Do Diário do Grande ABC Quem possui terreno nas cidades de Santo André, São Bernardo e São Caetano pode comemorar. O preço do metro quadrado nas três cidades se valorizou consistentemente durante os últimos 12 meses. No período, unidades na região valorizaram em média 10,4%, como no caso de São Caetano. A avaliação é do Índice FipeZap, desenvolvido e calculado pela Fipe em parceria com o portal ZAP Imóveis. O estudo acompanha o preço médio do m² (metro quadrado) de apartamentos prontos em 16 municípios brasileiroscom base em anúncios da internet. Segunda região mais consultada pelos que visitam o site Zap.com, considerado maior site de busca de negócios imobiliários do País, o Grande ABC é uma local em franca valorização. O m² mais caro daqui é o de São Caetano, que custa, em média, R$ 4.835. O segundo lugar fica com Santo André, com média de R$ 4.185, que mesmo sem ter praia, está à frente de cidades como Salvador e Vitória. São Bernardo tem como média de valor R$ 4.012 por m². O valor médio do m² em São Paulo é o terceiro maior do País, R$ 7.118, e isso faz com que a atratividade do Grande ABC aumente. "As pessoas estão comparando os preços dos imóveis com os da Capital e percebendo que comprando aqui podem ter uma unidade maior", aponta o diretor da Casari Imóveis, Milton Casari, de São Bernardo. "Mas não é só isso. Grandes obras públicas, como o Rodoanel, agregam valor à região ao facilitar a circulação de pessoas. Além disso, a realização de vários empreendimentos comerciais, como shoppings, que chamam mais gente para a região", aponta Casari. Outro ponto destacado pelo especialista foi a grande adequação dos lançamentos, na sua maioria apartamentos de dois e três dormitórios, à realidade financeira dos compradores. O aumento da renda da classe média, facilidades de financiamento, queda dos juros e baixo índice de desemprego também contribuem para aquecer o mercado. Feirão da Caixa começa hoje e vai deixar pagar só em 2014 Começa hoje o 9º Feirão Caixa da Casa Própria. O evento será realizado no Centro de Exposições Imigrantes. Além das facilidades e da rapidez para conseguir financiamento, o evento traz a oferta de 4.760 imóveis novos na região. Uma novidade exclusiva dos contratos iniciados de hoje até domingo, tanto local quanto nas agências, é que o cliente pode começar a pagar só a partir de janeiro de 2014. A condição exclusiva para financiamentos com recursos do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço) e do SBPE (Sistema Brasileiro de Poupança e Empréstimo). Dependendo da renda do candidato ao financiamento e do valor do imóvel, as taxas de juros, são a partir de 4,5% ao ano. O prazo para pagar pode ser de até 35 anos. Para requerer o crédito para casa própria no evento, basta levar documento de identidade, CPF e comprovante de renda. A Caixa avisa: o valor da prestação não pode ultrapassar 30% da renda. Wolney M. Feres